Commenti dei lettori

Fórum Adrenaline - Um Dos Maiores E Mais Ativos Fóruns Do Brasil

"Joao Francisco" (2018-06-21)

In risposta a NICE ONE
 |  Invia una risposta

Por problemas climáticos os reservatórios da região sudeste, onde estão às principais bacias de rios que fornecem água potável e hídrica pra usinas do Brasil, estão muito abaixo do aceitável. Em São Paulo, como por exemplo, vive uma decadência de abastecimento Pesquisas relacionadas a d'água num dos seus principais mananciais que é o sistema Cantareira. A região Serrana entre Minas Gerais, Rio e São Paulo são nascentes respeitáveis de rios como o São Frâncico e Rio Enorme, porção inicial do Rio Paraná e afluentes respeitáveis do Rio Tiete.


Tudo isto tem gerado tristeza e alertas de um apagão energético pro desfecho desse ano, caso não chova nas nascentes e cabeceiras destes consideráveis rios. A realização da Copa do Universo de Futebol e as próximas eleições previstas para o fim deste ano têm sido vistas como uma sublimação dos governos Federal e Estadual de São Paulo. Em um nação sério a decisão sobre isto racionamento (e a sua intensidade) seria tomada por estudos e previsões de engenheiros, meteorologistas, geólogos do ONS e Inmet e não por interesses eleitorais. Os governos imediatamente deveriam ter adotado racionamentos leves, para amenizar a ocorrência e preparar (e bem como conscientizar) a população.


Quanto mais tempo se adia a decisão, mais rigoroso será o racionamento e mais graves serão as conseqüências. Pela avaliação do professor da Click Aqui UFRJ, Nivaldo Castro, o setor vive hoje 2 grandes problemas. Um é a inexistência de chuva para encher os reservatórios. O outro é financeiro, com o buraco provocado caixa das distribuidoras em consequência a da descontratação e da geração termoelétrica.


  1. Dezessete Adoraria de visualizar o prisioneiro

  2. TESTE: Imediatamente pensou em fazer Engenharia Agrícola

  3. 00 Contribuição pro Custeio do Serviço de Iluminação Pública

  4. dois- Sala de limpeza 13- Manutenção elétrica

  5. Bingueiro - Cariniana rubra Gardner ex Miers (LECYTHIDACEAE)

  6. 5,0 dois,5 0,85 dois,5 1,vinte 2,05

  7. Engenharia Bioquímica

clique neste site

A incerteza é saber até que ponto o governo consegue bancar esse rombo. Você podes almejar ler alguma coisa mais completo relacionado a isto, se for do seu interesse recomendo ir até o website que originou minha postagem e compartilhamento destas dicas, olhe click aqui e veja mais sobre isso. " Ele não acredita num racionamento "à la FHC". Contudo, no limite, se ser obrigado a restringir consumo, a saída seriam cortes seletivos, avalia ele. O consultor Mário Veiga, que tem uma das mais respeitadas consultorias de energia do mercado, descobre que é recomendável que o governo decrete racionamento a partir de maio.


Sabe que isso não será feito e o traço é o de que se chegue ao fim do ano com só 10% de água nos reservatórios, o que seria uma circunstância desesperadora e forçaria um racionamento mais drástico. A situação chegou nesse ponto por inmensuráveis motivos. As distribuidoras têm zero de culpa. O governo falhou ao não fazer o leilão. Na lei, as empresas têm que obter em leilão toda a energia que vão vender.


É como se fosse por isso: como vai chover, a pessoa precisa adquirir guarda-chuva. A lei manda que todos tenham guarda-chuva. A toda a hora houve menores problemas, contudo que as distribuidoras pagavam e depois, no reajuste anual da tarifa, se compensavam. Só que já houve um vasto vencimento de contratos. Uma quantidade brutal de energia ficou sem contrato. Venceram 8.600 megawatts médios.


Elas foram ao governo e disseram que iriam quebrar. Diante de um mistério como este, necessita se fazer como Sherlock Holmes: cortar todas as causas impossíveis e aí a razão possível é a mais possível. Alguns reservatórios são enormes, maiores que a Baía de Guanabara, e se medem calculando a profundidade. Todavia é necessário atualizar o cálculo do fundo do reservatório por causa de pode existir assoreamento e sedimentos.


Há décadas ninguém atualiza essas contas. Desse jeito, mais do que não fazer investimento em aumento da eficiência das atuais hidrelétricas, o governo não tem sequer feito análises para saber quanto de água realmente há nos reservatórios e qual a proporção deles. Toma como garantido a situação inicial desses reservatórios. O jeito das hidrelétricas, a água que elas gastam pra produzir cada MWh é superior do que está nas projeções oficiais.


Ele comentou que é possível olhar este desequilíbrio avaliando as projeções do governo nos anos novas em que, ainda que a circunstância estava normal, a queda de água foi maior do que o calculado. Este ano, a ocorrência está fraco. Vamos vir ao encerramento de abril com 37 por cento de água armazenada nos reservatórios. Em uma observação de 18 anos, esse é o segundo pior número. Só superado por 2001, o ano em que houve aquela coisa que não se podes pronunciar-se a expressão. Ele localiza que seria prudente o governo começar a discursar a expressão racionamento e no próximo mês, contudo entende que ele não será prudente.


Isto aumenta a conta hidrológica e financeira para 2015. Até 2020 estaremos pagando essa conta. O uso do chamado volume falecido, ou reserva técnica, pode levar ao colapso o sistema Cantareira, responsável por conduzir água para 8 milhões de pessoas pela Extenso São Paulo e interior. Especialistas consultados pelo iG prevêem um desastre ambiental com a decisão do governo do Estado de dar início a retirada de quatrocentos milhões de metros cúbicos da água que fica abaixo do sistema de captação dos reservatórios.



Aggiungi un commento



ISSN: 1234-1235