Commenti dei lettori

Teu Negócio Está Por Um Fio?

"Maria Nicole" (2018-06-16)

In risposta a ready
 |  Invia una risposta

No Brasil, temos um quadro que assusta muitos empreendedores: um quarto das pequenas e médias empresas fecham tuas portas com somente 2 anos de atividade. É comum entender pelo menos um dono de negócio que está passando por uma fase ruim na sua empresa - e cogitando, inclusive, fechar as portas. Entretanto, não deve ser sendo assim. O poder pra virar o jogo está muito mais pela mão do gestor do que ele próprio imagina.


Os empreendedores tendem a apontar o dedo para eventos macroeconômicos e políticos. Com uma legal análise do negócio, o gestor podes refletir em estratégias para salvar até já um empreendimento que está por um fio. Vendo resultados e identificando quais são as áreas problemáticas, é possível ter uma visão clara da corporação e raciocinar em soluções. Se você gostou desse post e desejaria receber mais dicas a respeito do assunto relacionado, encontre neste hiperlink visite o seguinte site da internet maiores fatos, é uma página de onde peguei boa quota destas sugestões. No encerramento, quem sabe sejam pontos pequenos pra resolver", declara Wagner Viana, consultor do Sebrae/SP.


Não é sempre que estas áreas problemáticas são as financeiras, como se costuma sonhar. O fator emocional poderá ser importante pela história de uma corporação, e visite o seguinte site da internet primeiro passo para acompanhar em frente é possuir uma bacana ideia de quais são seus objetivos de vida. Se você tiver paixão pelo que faz, você conseguirá superar as dificuldades. Todavia, se essa paixão não haver, é melhor nem começar teu empreendimento", explica o empreendedor serial Celso Fortes.


Acredita que empreender é o seu caminho, no entanto sua corporação está por um fio e você não sabe como salvá-la? Antes de entrar em desespero e buscar todos os jeitos possíveis de fazer teu negócio gerar mais, sonhe: será que você está realmente dando ao teu empreendimento uma oportunidade de ser bem sucedido? Ou sua angústia por resultados está impedindo que uma sensacional ideia possa florescer com mais tempo?


Outras pessoas não têm maturidade pra elaborar o negócio e saber que ele levará tempo para dar retorno. Dessa maneira, elas desistem no meio do caminho, colocando a culpa nos negócios", explica Fortes. É como plantar uma semente e, enquanto ela ainda está crescendo, arrancá-la da terra na falta de produção". Desta maneira, se quiser salvar o seu negócio, analise bem se o regresso conseguirá vir com mais tempo de operação e tome cuidado com julgamentos precipitados, influenciados pela posição de pessoas que não estão no dia a dia da corporação. A preocupação quem sabe seja o maior oponente de quem quer fazer um negócio, e portanto que construir empreendimentos não é para todo mundo", resume o empreendedor serial.


Você não necessita se guiar pela opinião de quem não conhece a fundo o potencial da tua corporação. Desta maneira, em quem podes procurar suporte? Naqueles que estão ao teu lado de imediato difícil: os funcionários. Às vezes, você necessita ser surdo pro mercado e muito ligado para tua equipe. Estas são as pessoas que têm maior comprometimento com tua empresa, já que estão no mesmo barco que você. Quem está fora do barco não obrigatoriamente tem tal comprometimento para que ele mantenha navegando", diz Fortes. Esses funcionários conseguem ter ideias fantásticas para serem testadas: se você não ouvi-los, pode perder a oportunidade de localizar soluções para salvar o negócio - ou no mínimo para acompanhar guerreando.


Você precisa se preservar em movimento, seja no sol ou na chuva. Se as dificuldades da tua empresa forem financeiros, é necessário distinguir onde exatamente está a referência de prejuízos. Só deste jeito é possível traçar um plano que resolva as contas do teu negócio. Pra identificar qual é exatamente o problema financeira da tua corporação, é preciso fazer uma demonstração de resultados: indo além das entradas e saídas no caixa, essa observação leva em consideração o momento em que cada despesa foi gerada. Tendo como exemplo, um imposto que foi cobrado em setembro, porém veio das compras feitas em agosto; ou o pagamento sobre isso um pedido que o comprador fez há meses.


Numa avaliação comum de caixa, essa especificidade não seria contada; é como observar o seu saldo no banco sem indagar o extrato. A demonstração de resultados mostra o que a organização gerou de negócios, quais foram os custos que ela incorreu pra obter esse faturamento e, desta maneira, qual foi o consequência de tudo isso", explica o consultor do Sebrae. Uma vez desenvolvida a demonstração, o empreendedor necessita identificar a notabilidade de cada conta sobre o assunto seu faturamento: como por exemplo, o imposto representa quanto? Quanto eu gasto com empréstimos e juros para o banco? Assim sendo, é possível fazer uma espécie de "lista de checagem", olhando cada fator financeiro da empresa.


  • A mata Atlântica

  • 05 Serviços de Registro de Programas de Micro computador

  • Unidades de Capacidade: extensão, peso, vazão, volume, pressão e nível

  • 00 Alienação de Bens Imóveis Adquiridos com Recursos Vinculados

  • Enfermagem Home Care: Cuidados Especiais Saiba Mais

  • Pau-açucarado - Vochysia elliptica Mart. (VOCHYSIACEAE)

conteúdo adicional

Quando você identificar onde está o ponto mais problemático, elabore uma estratégia voltada pro diagnóstico que você acabou de fazer. Tenha em mente: não espere estar no vermelho para fazer a demonstração; diferenciado do que se costuma propagar, em time que está ganhando se mexe, sim. Além de assistir os resultados, o empreendedor que quer salvar teu negócio assim como necessita enxergar pro andamento de duas atividades: por fim, como anda o atendimento ao freguês?


E a prestação de contas? E a gestãvisite o seguinte site da internet da equipe? O dono do negócio precisa fazer uma espécie de ‘caça às bruxas’, mapeando o quanto cada uma destas áreas colabora pra desaceleração da empresa", explica Bonomo, do Ibmec/MG. Se dinamizar os processos não resolveu tua situação, talvez seja preciso observar ainda mais profundamente: será que o produto ou serviço que eu analisando é de fato o adequado? Mudar o núcleo de atividade da sua corporação é um movimento conhecido como "pivotar" no mundo dos negócios (do inglês "pivot"). Porém, não é necessário dirigir-se tão distanciado: muitas vezes, uma transformação moderada pode causar uma vasto diferença.


Tais como, adicionar mais um produto ou serviço; aumentar o valor agregado de uma coisa que você imediatamente apresenta, fazendo algumas alterações; ou olhar para um caso de sucesso no seu ramo e inspirar-se em muitas atitudes dele. Você deve reunir uma inovação em teu negócio, acompanhando o mercado e sabendo como se diferenciar", diz Bonomo. Essa, claro, é uma tática que levará um correto tempo, por envolver disrupção de mercado. No entanto, pivotar poderá ser a solução para salvar uma organização que está por um fio.


A salvação da tua corporação pode estar perdida ao longo da sua trajetória: nas conexões e nos conhecimentos acumulados ao longo da existência empreendedora. Toda gente olha o presente e tenta ansiosamente prever o futuro, contudo às vezes é agradável assistir para o passado", diz Fortes. O empreendedor serial testou pela prática essa estratégia: no momento em que abriu uma agência de marketing, teu primeiro cliente foi um ex-chefe. Havia trabalhado ao lado dele dez anos antes. No momento em que expliquei meu negócio, ele fechou um serviço na mesma hora.



Aggiungi un commento



ISSN: 1234-1235